quarta-feira, 30 de setembro de 2015

SER MAIS FORTE PARA SUPORTAR OS PRÓPRIOS FARDOS


             Em meio as pedras, dificuldades e turbulências do percurso, não adianta atormentar-se ainda mais com perguntas e lamentações do tipo: Eu não vou conseguir suportar isso! Por que essas coisas só acontecem comigo? Por que sofro tanto? Por que Deus não ouve minhas preces e nem responde minhas perguntas? E ainda: Eu não consigo encontrar uma saída! Por que não tenho sorte? Será que Deus me esqueceu? Oras, se estamos atravessando um momento de tempestades obviamente nos pegamos entre reclamações e lamúrias, todavia, quando diante dos nossos esforços para carregar nossos fardos e superar os obstáculos, as respostas e soluções não chegam, e as barreiras começam a aumentar cada vez mais, não se trata de uma indiferença de Deus para conosco, mas significa que a fase ainda é de sacrifícios e de resignação, e os esforços e tentativas pela superação devem persistir, no entanto, as lamentações sobre o agora e o amanhã devem ser evitadas, para não nos enfraquecer perante o sentimento de impotência e pessimismo que se arrasta aos dias futuros. Lutemos para resistir e suportar carregar nossas pedras e nossos fardos, vencendo as batalhas do hoje, e entreguemos nossas rotas nas mãos de Deus, pois no momento exato Ele se revela em nosso caminho, porque sempre estará no comando. Portanto, para nossos dias difíceis jamais esqueçamos do que Ele nos disse: "Sejais forte e corajoso! Não temas, nem desanime; porque Sou o Senhor teu Deus, e estarei contigo, por onde quer que andares." (Josué 1:9 )

A palavra para hoje é FORÇA.