quarta-feira, 14 de outubro de 2015

EXPECTATIVAS POSITIVAS MESMO REMANDO CONTRA A MARÉ


             Não podemos largar os remos e nos abandonarmos em nosso barco diante das fortes ondas, quando as correntezas nos levam para uma direção contrária a qual planejávamos chegar. É sem dúvida cansativo e desmotivador, remar, remar, e ficar ainda mais distante do destino que a gente almejou. Por vezes dá vontade de ficar estagnado permanentemente, de não mais fazer esforço algum, simplesmente ficar a deriva, e deixar a maré nos levar para onde ela bem quiser, ou para onde os ventos soprarem. Há todavia, um instinto natural que não nos permite ficarmos imóveis e desestimulados por todo o tempo, é de fato, uma força interior que nos impulsiona a levantar, a motivar-se, a tentar de novo, a recomeçar e a renovar as esperanças, porque por mais que algumas situações ou circunstâncias não nos favoreça, ou não corresponda às nossas expectativas, a gente precisa manter acesa a nossa chama da inspiração e reafirmar os nossos motivos para continuar a remar e a navegar, por imenso ou pequenos mares, mesmo em dias de sol ou em meios as tempestades.

A palavra para hoje é PERSPECTIVA.