quinta-feira, 1 de outubro de 2015

O PASTOR TESTA AS OVELHAS MAIS FORTES


                      É possível que nesse momento global de tantas crises e transformações muitos de nós estejamos passando por situações inesperadas e tão adversas, com um grau de dificuldade tão grande, que chegamos algumas vezes a desacreditar que exista a possibilidade de encontrar uma saída, uma solução, ou um outro caminho. Alguns problemas e contextos são tão desgastantes e desmotivadores, que atacam nossa fé e confronta a nossa vontade de continuar a perseverar. Os momentos sem respostas, sem soluções, e que parece apenas nos empurrar para um poço sem fundo, realmente nos deixa enfraquecidos, e embora acreditemos em Deus, nossa fé abalada, parece fazer o céu não acreditar na gente. Há dias em que acordar dói, porque nos obriga a enfrentar as tempestades de novo, e nossos pés parecem calejar de tanto tentarmos encontrar o caminho das restituições, e aquele que nos leve para mais próximos de Deus, e só assim, a gente possa chorar descompassadamente, rendidos aos seus pés, até que Ele possa nos ouvir. Mas, fragilizados por nossos próprios sofrimentos, erramos cegamente quando achamos que em algum momento o Pai deixou de nos ouvir ou de nos assistir. Deus jamais deixaria suas ovelhas mais fracas expostas às tempestades, Ele escolhe a dedo as mais capacitadas para trilharem em terrenos pedregosos, porque sabe que as mais fortes precisam ser testadas, e assim, elas aprenderão grandes lições, e se fortalecerão à medida que resistam aos desafios do caminho. As ovelhas só precisam confiar mais em seu pastor, que lá do alto da colina não se cansa de olhá-las.


A palavra para hoje é RESILIÊNCIA.