terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A IMPORTÂNCIA DE ENTENDER, ACEITAR E ESPERAR.


                Somos tão frágeis, mesmo quando tentamos ser fortes. Somos tão incrédulos, mesmo quando tentamos elevar a nossa fé. E somos tão limitados, mesmo quando tentamos agigantar nossas esperanças. Diante das provações e turbulências, geralmente não conseguimos nos mantermos firmes e perseverantes o tempo todo com a certeza plena da vitória. Por vezes choramos, por vezes nos revoltamos, por vezes nos desesperamos, por muitas vezes perdemos nossas forças, e tantas outras vezes desistimos. Perante as dificuldades esquecemos muitas vezes que Deus cuida da gente, e que ele trabalha com três fatores determinantes: limite, resistência e tempo. Deus administra perfeitamente nossos caminhos, Ele sabe até “onde” devemos ir, até “quanto” podemos resistir e suportar, e o tempo “certo” para que cada coisa aconteça. Nada fica fora de controle, e nem sem solução. Só precisamos entender e saber esperar. Descontrolar-se, revoltar-se, ou querer ir contra os resultados e as circunstâncias, de maneira incoerente e impulsiva, para obtermos as respostas exatamente como desejamos, é nos suicidarmos na presença da sabedoria. Deus não age sobre pressão, Ele analisa a estrutura emocional e espiritual de cada pessoa, perante a capacidade de “equilíbrio” de cada uma delas, diante das adversidades. Por isso “receber” uma reposta, “encontrar” uma solução, ou “alcançar” uma vitória, é uma consequência para aquele que controla a impaciência, e sabe “esperar”.

A palavra para hoje é SERENIDADE.